Cuidados com a Saúde

Sintomas de pneumonia, saiba quais são os principais e como tratá-la3 min read

sintomas de pneumonia

Abordaremos neste artigo acerca dos sintomas de pneumonia, uma das doenças mais prevalentes no sistema respiratório e que, caso não tratada em tempo hábil, oferece risco de vida ao paciente.

O trato respiratório é composto pelas vias aéreas superiores e inferiores. Ao ser inspirado, o trajeto do ar compreende ambas as vias, até que ele chegue aos pulmões, onde realizará as trocas gasosas nas estruturas terminais: alvéolos e interstício.

Tendo em vista as informações acima, é possível concluir que as doenças pulmonares acometem diretamente a respiração do indivíduo, prejudicando ainda o aparelho cardiovascular e atingindo diretamente a qualidade de vida da pessoa. Confira!

Quais são as causas da doença?

A pneumonia é uma doença causada por um agente infeccioso. Esse patógeno causará alteração na região pulmonar onde ocorrem as trocas gasosas, as quais ficarão comprometidas.

As alterações referidas consistem em uma reação inflamatória após penetração de algum germe, seja um vírus, uma bactéria ou um fungo. Além disso, podem ser causadas devido à alergia ou até mesmo a substâncias inorgânicas.

É de suma importância determinar a causa exata da doença, uma vez que cada patógeno requer uma conduta específica que possibilite a recuperação total do paciente.

Quais são os sintomas de pneumonia?

Agora que você conhece as causas, é preciso saber quais são os sinais e sintomas mais comuns da pneumonia. Veja a seguir!

Febre

A reação inflamatória desencadeia um quadro febril alto, no qual a temperatura do corpo atinge níveis acima dos 38°C, mantendo esse perfil na maioria dos casos de pneumonia.

Tosse

A tosse é um sinal muito comum em doenças do trato respiratório. Portanto, é preciso saber identificar características que se associam com a pneumonia, como a secreção purulenta de cor amarelo-esverdeada.

Dor torácica

Uma vez que a pneumonia representa uma infecção nos pulmões, os simples atos de inspirar o ar e expirar podem causar desconforto para o paciente.

Dispneia

A dispneia figura como a dificuldade para respirar. Com essa condição, o indivíduo realiza um esforço respiratório além do comumente observado, exigindo o uso de musculatura acessória.

Qual o tratamento adequado?

O diagnóstico de pneumonia é feito pela relação entre sinais e sintomas apresentados pelo paciente, sendo necessária a complementação por meio de exames de imagem, a fim de identificar sinais radiológicos específicos.

Além disso, o médico deve estar atento à ausculta pulmonar. Com o auxílio do estetoscópio, que ele posiciona em regiões nas quais seja possível reconhecer os murmúrios vesiculares e os ruídos adventícios.

Feito o diagnóstico, o profissional vai graduar a gravidade do caso. Assim, será possível determinar a conduta adequada, seja a internação, seja o tratamento ambulatorial. Além dos aspectos biológicos do caso, é preciso considerar a idade do enfermo, visto que pessoas idosas possuem um organismo mais predisposto para complicações.

Com este artigo, procuramos esclarecer sobre os sintomas de pneumonia, uma doença prevalente no cotidiano hospitalar. Ressaltamos que saber identificar as condições relacionadas com a doença e procurar atendimento médico adequado e em tempo hábil representa um importante fator para a evolução do quadro.

Ficou alguma dúvida sobre a doença? Então deixe um comentário em nosso post!

CTA - Fácil ConsultaPowered by Rock Convert

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up